Covid-19: Brasil soma 1.085 mortes e mais de 47 mil novos casos em 24 horas

Número total de óbitos no país já é de 117.665 óbitos, enquanto 3.717.156 casos foram registrados

  • Por Jovem Pan
  • 26/08/2020 18h46
LINCON ZARBIETTI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOBrasil passou dos 117 mil mortos desde o início da pandemia

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira, 26, a atualização dos dados da Covid-19 no país. Nas últimas 24 horas foram registradas 1.085 mortes e 47.161 novos casos, totalizando 117.665 óbitos (taxa de letalidade de 3,2%) e 3.717.156 casos registrados. O número de pessoas recuperadas da doença é de 2.908.848, enquanto 690.642 seguem em acompanhamento. O estado de São Paulo segue em primeiro no ranking de casos registrados com 776.135 e 29.194 mortes contabilizadas. Por lá, 592.537 pessoas estão recuperadas.

Durante o dia dois estados atualizaram posições das vacinas contra a Covid-19. O governador João Dória informou que a vacina chinesa contra o novo coronavírus, a CoronaVac, deve estar disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de dezembro, dependendo dos resultados positivos da terceira fase de testes e da aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O estado do Paraná também informou que quer realizar os testes da fase 3 da vacina russa, a Sputinik V. Jorge Callado, diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), também disse que o estado buscará a fabricação do imunizante em território brasileiro, provavelmente de forma consorciada. Além dessas duas, a vacina desenvolvida por Oxford e pelo laboratório AztraZeneca, também está em fase de testagem no Brasil.