Covid-19: Estoques de leite materno registram queda de doações no DF

  • Por Jovem Pan
  • 18/05/2020 12h23
Mariana Riscala/Portal Jovem Pan Online Mariana Riscala/Portal Jovem Pan Online Na pandemia, entre os principais cuidados que vêm sendo adotados para evitar a transmissão está o uso de máscara e a lavagem das mãos

A pandemia da Covid-19 diminuiu a quantidade de doação de leite materno no Distrito Federal. Segundo a secretaria de Saúde, em março foi registrada uma queda de 35% nos estoques, na comparação com o mesmo período de 2019.  Em abril, o déficit foi de 11% no alimento, vital para os primeiros meses de vida dos bebês.

A coordenação de Bancos de Leite Humano da secretaria de Saúde do DF informou, à Agência Brasil, que “mesmo durante a pandemia a amamentação e as doações podem continuar normalmente, desde que medidas de higiene e segurança sejam tomadas para evitar transmissão do vírus”.

Na pandemia, entre os principais cuidados que vêm sendo adotados para evitar a transmissão está o uso de máscara e a lavagem das mãos antes de cuidar do bebê. Para minimizar a queda nos estoques, os bancos de leite do DF têm feito atendimento com horário marcado, via whatsApp, por meio de videochamadas, além de atendimento com hora marcada.

Nesta segunda-feira (18) começa a Semana Distrital de Doação de Leite Materno com atividades à distância, por meio da internet. A abertura será feita por meio de videoconferência pela Rede Universiária de Telemedicina (Rede Rute). A partir da terça-feira (19), cada banco de leite vai fazer uma live com diversos temas para as redes sociais do Amamenta Brasília.

*Com informações da Agência Brasil