Cremerj decide cassar registro profissional de Sérgio Côrtes, ex-secretário de Cabral

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2018 13h09
Agência BrasilA decisão, entretanto, ainda precisa ser confirmada pelo Conselho Federal de Medicina

Por decisão unânime em julgamento que durou três horas, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro decidiu pela cassação do registro profissional do ex-secretário de Saúde do governo de Sérgio Cabral, Sérgio Côrtes. A decisão, entretanto, ainda precisa ser confirmada pelo Conselho Federal de Medicina.

A medida tomada pelo Cremerj ainda não possui força de penalidade e o julgamento definitivo será no plenário do Conselho Federal, que é onde a decisão pode ser referendada ou não.

A sindicância que levou à cassação do registro de Côrtes foi aberta em abril do ano passado por conta das denúncias o envolvendo em esquemas de corrupção na Secretaria de Saúde do Estado e no Instituto de Traumatologia e Ortopedia.

Sérgio Côrtes é acusado de comandar parte do esquema de corrupção de Cabral na área da Saúde. Na Operação Fatura Exposta, Côrtes foi preso, em abril de 2017, mas em fevereiro deste ano foi solto por decisão de Gilmar Mendes. No último dia 31 ele voltou a ser preso.