Cristian Cravinhos é preso em Sorocaba suspeito de agredir mulher e tentar subornar PMs

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2018 08h05
Estadão ConteúdoAo ser abordado, de acordo com a PM, Cristian se apresentou como “um dos irmãos Cravinhos” e teria oferecido R$ 1 mil para não ser preso

Condenado pela morte dos pais de Suzane Von Richtofen, Cristian Cravinhos é preso em Sorocaba, no Interior de São Paulo. Ele é suspeito de agredir uma mulher e de tentar subornar os policiais militares que foram acionados para atender a ocorrência nesta madrugada (18).

Segundo a PM, a equipe foi acionada para atender uma ocorrência de briga de casal no bairro Trujillo, mas quando chegaram ao local, encontraram apenas uma moto. Os policiais fizeram buscas nas imediações e encontraram o casal brigando.

Ao ser abordado, de acordo com a PM, Cristian se apresentou como “um dos irmãos Cravinhos” e teria oferecido R$ 1 mil para não ser preso e disse que seu irmão, Daniel, viria de São Paulo para dar mais R$ 2 mil aos policiais.

Cristian Cravinhos foi flagrado com dinheiro, revólver e munição de uso exclusivo do Exército. Ele foi preso em flagrante por corrupção ativa e posse ilegal de arma de fogo.

A mulher que estava com Cristian foi liberada, mas ele passará por audiência de custódia nesta quarta-feira (18).

Após a morte do casal Richthofen, Cristian, Daniel, então namorado da filha do casal, e a própria Suzane foram presos. Condenado e 38 anos e seis meses em regime fechado, Cristian deixou a penitenciária Doutor José Augusto Salgado, de Tremembé, em agosto do ano passado.

Ele foi autorizado pela Justiça a cumprir o restante de sua pena no regime aberto. Seu irmão, Daniel, conseguiu o mesmo benefício em janeiro deste ano.