CUT decide orientar centrais estaduais a não realizarem manifestações no dia 13

  • Por Agência Estado
  • 08/03/2016 13h44
Rio de Janeiro - Manifestantes fazem ato em frente à sede da Rede Globo, no Jardim Botânico, em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ( Fernando Frazão/Agência Brasil)Manifestantes fazem ato em frente à sede da Rede Globo

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) nacional decidiu orientar suas centrais estaduais a não fazerem manifestações neste domingo, 13, data em que estão previstos atos dos grupos pró-impeachment. A central avalia que é importante evitar confrontos entre grupos que defendem Lula e grupos contrários ao ex-presidente, ao governo Dilma e ao PT.

Segundo a assessoria de comunicação da entidade, esta é uma orientação da CUT nacional e há braços estaduais que podem decidir se manifestar mesmo assim, como em Recife, Porto Alegre e Vitória. No Rio de Janeiro, sindicalistas avaliam fazer nova manifestação contra a Globo em frente à sede da emissora.

A CUT nacional reforça a estratégia de manter os atos para os dias 18 e 31. A CUT de São Paulo deve seguir a orientação da nacional.