Damares Alves diz que Fundação Palmares pode ir para o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2018 14h27 - Atualizado em 10/12/2018 14h48
Fátima Meira - Estadão ConteúdoOutro órgão relevante para a defesa de minorias étnicas, a Funai, também ficará com sua pasta

A futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse em entrevista nesta segunda-feira (10) que está estudando a integração da Fundação Palmares à sua pasta a partir de 1 de janeiro. Atualmente, a entidade está sob o guarda-chuva do Ministério da Cultura, que deixará de existir quando o presidente eleito, Jair Bolsonaro, do PSL, assumir.

De acordo com a ministra, seu objetivo é preservar a cultura afro-brasileira. “Pode ser que a Fundação Palmares fique conosco. Temos de reconhecer o bom trabalho que essa fundação já fez. Esses povos existem, estão aí e não serão ignorados”, disse.

A entidade existe desde 1988. De lá para cá, 2400 certificados de reconhecimento de comunidades quilombolas foram emitidos. A Fundação Palmares foi a primeira instituição pública dedicada a preservar a cultura afro-brasileira.

*com informações de Estadão Conteúdo