Damares: ‘A gente tá vendo a palhaçada do STF de trazer o aborto de novo’

A fala da ministra Mulher, da Família e dos Direitos Humanos aparece no vídeo da reunião interministerial do dia 22 de abril

  • Por Jovem Pan
  • 22/05/2020 18h26 - Atualizado em 22/05/2020 18h40
Isac Nóbrega/PRDamares Alves

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, criticou, durante reunião interministerial do dia 22 de abril, as discussões no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o aborto. “A gente tá vendo a palhaçada do STF de trazer o aborto de novo”, disse a ministra.

Nas imagens da reunião, liberadas pelo STF na tarde desta sexta-feira (22), Damares questiona se a Corte irá liberar “aborto para todos que tiveram coronavírus”.

“Neste momento de pandemia, a gente tá vendo aí a palhaçada do STF trazer o aborto de novo para a pauta, e lá tava a questão de… as mulheres que são vítima do zika vírus vão abortar, e agora vem do coronavírus? Será que vão querer liberar que todos que tiveram coronavírus poderão abortar no Brasil? Vão liberar geral?”, diz a ministra.

O vídeo da reunião faz parte do inquérito do STF que apura suposta interferência política de Bolsonaro no comando da Polícia Federal (PF), cujo relator é o ministro Celso de Mello.

Prisão de governadores e prefeitos

Na mesma reunião, Damares diz ainda que o ministério comandado por ela estava “pedindo a prisão de alguns governadores”, mas não cita os nomes.

Ao citar supostos “abusos e violações de direitos” por parte de estados e municípios, Damares diz que “está subindo o tom” com governadores e prefeitos. “Nosso ministério vai começar a pegar pesado.”