Com covid-19, Uip relata melhora e defende isolamento: ‘Teremos menos infectados’

  • Por Jovem Pan
  • 29/03/2020 09h13
ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDODavid Uip testou positivo para covid-19 e está se recuperando

David Uip, coordenador do combate à pandemia do coronavírus em São Paulo, que testou positivo para covid-19, enviou um áudio para colegas do Ministério da Saúde agradecendo o apoio e relatou como está o seu tratamento, que completa cinco dias de quarentena.

Sem febre, o médico infectologista disse que é “uma doença chata, mas estou bem”. “Eu brinco que me sinto enjaulado com o mundo caindo na minha frente… Controlei o medo com fé e paz na alma. Minha mensagem para vocês é que quero voltar logo a trabalhar. Ainda tenho uma missão a cumprir.”

“É uma espécie de gripe seca. É sofrido, é doido, mas vamos em frente”, completou.

Uip explicou que o sistema de contagem de casos do Ministério pode ter causado confusão em parte da imprensa que divulga os números. “Uma coisa é a infecção, que pode ser tratada com facilidade, e não entra nas estatísticas. Outra coisa são os casos de infecções graves com internação em hospital. Hoje o Brasil só divulga esses casos graves, mas ainda não atingimos o pico da doença, que deve acontecer nos meses de abril e maio, trazendo grandes dificuldades para os sistemas públicos e privados de saúde.”

O infectologista deu o seu conselho para quem sentir desconforto respiratório: “procurar os serviços de saúde”. Ele ainda aproveitou para reforçar o coro a favor do isolamento social: “Se conseguirmos manter o distanciamento social, teremos menos infectados. Caso contrário, teremos uma subida rápida que nenhum sistema de saúde do mundo tem condições de enfrentar.”