Deltan Dallagnol, da Lava Jato, age como ‘ser possuído’, afirma Renan

  • Por Jovem Pan
  • 15/01/2019 15h23
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoRenan Calheiros é candidato à presidência do Senado

Candidato à presidência do Senado, Renan Calheiros afirmou nesta terça-feira (15) que o coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, “continua a proferir palavras débeis, a julgar sem isenção e com interesse político, como um ser possuído”.

O emedebista é investigado na operação e quer voltar ao comando da Casa. A declaração foi publicada em uma rede social em resposta à afirmação de Dallagnol, que um dia antes criticou a votação secreta para o comando do Senado, que poderia beneficiar Renan.

“Em menos de três dias, 430 mil brasileiros já mandaram o recado: querem votação aberta para as eleições dos presidentes do Congresso”, escreveu o coordenador da Lava Jato. Esse pedido foi negado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).