Dependente químico diz ter perdido olho em ação da PM na cracolândia

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2017 16h42
O homem contou à Folha de São Paulo que o policial que fez o disparo mirou no rosto dele

Um dependente químico perdeu o olho esquerdo em uma ação policial na cracolândia, na região central de São Paulo. Heitor Fonseca, de 28 anos, afirmou que, em 17 de junho, estava fumando crack quando foi atingido por uma bala de borracha disparada por um PM.

O homem contou à Folha de São Paulo que o policial que fez o disparo mirou no rosto dele. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que Heitor Fonseca agrediu a PM.