Depois de colocar general na Segurança, Doria anuncia ‘pastas executivas’ para polícias em SP

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2018 14h22
Renato Cerqueira/Estadão ConteúdoGeneral Campos foi indicado por Doria ao comando da pasta de Segurança estadual

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), criou saia justa com a cúpula das polícias Civil e Militar ao anunciar nesta terça-feira (13) a nomeação de um general da reserva do Exército para o comando da Secretaria da Segurança Pública.

A expectativa de policiais era que um de seus quadros fosse “promovido”, como havia sido prometido pelo tucano ao longo da campanha eleitoral. Após a vitória nas eleições, ele optou por João Camilo Pires de Campos, ex-comandante Militar do Sudeste.

Para driblar o mal-estar causado pela decisão, Doria anunciou a criação de duas “secretarias executivas” na pasta, uma para a PM e outra para a Polícia Civil, que deve absorver a Polícia Técnico-Científica, não citada pelo governador eleito.

Na prática, pouca deve mudar com as “pastas”. Cada uma das polícias já tem um comando estruturado, e tem na linha de frente quadros próprios que, por sua vez, mantêm cadeira reservada para “braços-direitos” no gabinete do secretário.

*Com informações do Estadão Conteúdo