Depois de madrugada caótica, São Paulo ainda tem previsão de chuva para as próximas 48 horas

  • Por Rafael Iglesias/Jovem Pan
  • 11/03/2019 17h51 - Atualizado em 11/03/2019 21h40
WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDONa madrugada, chuvas causaram alagamentos e mortes

Após uma madrugada caótica, a cidade de São Paulo ainda deve registrar chuvas pelas próximas 48 horas. Terça (12) e quarta-feira (13) somam 26 milímetros de chuvas acumuladas, segundo previsão da Somar Meteorologia. A segunda (11) tem acúmulo de 21 mm.

Desde o início de março, a capital já registrou 90% da quantidade de chuva prevista para o mês (160 mm), segundo a prefeitura paulistana. Cada 1 milímetro equivale a 1 litro de água acumulada em uma área de 1 metro quadrado.

De domingo (10) para segunda (11), em apenas sete horas, caíram sobre a cidade 57,8 mm de água – o que representa 33% da média mensal prevista. A situação deixou até o momento 11 mortes confirmadas por bombeiros – o total inclui também a Grande São Paulo.

Caos

O caos que tem atingido São Paulo se deve ao fato de que o total previsto de chuva tem sido muito menos expressivo do que o efetivamente registrado, como aconteceu durante a madrugada. Desde fevereiro, a região tem visto chuva acima da média.

A alta frequência e a força dos temporais contribui para que o solo permaneça encharcado por bastante tempo. Essa condição extrema, além ser paralela aos alagamentos, potencializa a possibilidade de deslizamentos de terras.

Previsão

Nos próximos dias, o sol deve voltar a aparecer, favorecendo a evaporação da água. Contudo, as pancadas continuam a ser observadas no fim do dia. Isso deve acontecer, como é comum, até o fim do verão, no próximo dia 20 de março.

A capital paulista pode ter chuvas consecutivas até sábado (16). Na terça, há índice previsto de 8 mm e o tempo abafado deve ter temperaturas entre 20°C e 29°C. Na quarta (13), com 18 mm, a mínima deve ser de 22°C e a máxima, de 29°C.