Deputado Júnior Bozzella nega expulsão de Bia Kicis do PSL

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2019 12h41
Câmara dos Deputados/Reprodução Bozzella disse que Kicis "soltou essa fake news só para fazer barulho nas redes"

O deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP) negou neste domingo (15) que o partido tenha expulsado a deputada Bia Kicis (PSL-DF). Segundo O Antagonista, Bozzella disse que Kicis “soltou essa fake news só para fazer barulho nas redes”.

“Estamos aguardando ela pedir a desfiliação, principalmente porque tem fortes indícios que ferem a ética e a moral, sobre o envolvimento dela com caixa 2 e negociação de troca-troca de cargos no governo, para fazer toma lá, dá cá”, escreveu em uma mensagem encaminhada a uma lista de transmissão de jornalistas.

“Como ela se elegeu pelo PRP, que fez a fusão, pode sair a qualquer momento sem ser expulsa. Aguardamos ansiosamente a sua desfiliação”, completou. Bozzella exerceu uma função de porta-voz informal durante a crise entre Jair Bolsonaro e o presidente do PSL, Luciano Bivar.

Nesta quinta-feira (12), foi comunicado que Kicis havia sido expulsa do PSL. Conforme divulgado, em uma notificação assinada por Bivar, a sigla alegava “grave infração ética” e “infidelidade partidária” como motivos para a punição. Kicis é ligada ao presidente Jair Bolsonaro e faz parte da ala do partido denominada “bolsonarista”.