Deputado petista chama Barroso de “pigmeu” e Cármen de “carcereira”

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 12h38
Edilson Rodrigues/Agência SenadoJá os ministros que votaram a favor do HC de Lula foram elogiados pelo petista

Irritado com a rejeição do “habeas corpus” preventivo do ex-presidente Lula pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o deputado federal e ex-presidente da OAB Wadih Damous (PT-RJ) disparou contra os ministros da Corte.

No Twitter, Damous chamou a presidente do STF Cármen Lúcia de “carcereira” e o ministro Luís Roberto Barroso de “pigmeu demagogo e populista”.

Sobrou também para Rosa Weber, que deu o voto de minerva contra Lula. “Coragem não é uma qualidade de Rosa Weber”, disse. “Rosa Weber com a sua pusilanimidade (medo, covardia, fraqueza) inventou a figura da maioria minoritária”, escreveu.

Já os ministros que votaram a favor do HC foram elogiados pelo petista. Para Damous, Marco Aurélio Mello “é um gigante de toga” e Celso de Mello proferiu “um voto soberbo”.