Desembargador Gebran Neto decide manter Lula preso

  • Por Jovem Pan
  • 08/07/2018 14h25 - Atualizado em 08/07/2018 14h37
EFE Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seguirá preso em Curitiba

O desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato em segunda instância, decidiu na tarde deste domingo (8) que o pedido de soltura de Luiz Inácio Lula da Silva não seja cumprido.

Gebran Neto determinou que a Polícia Federal não cumpra o despacho emitido mais cedo por Rodrigo Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que mandava soltar o ex-presidente da República.

“DETERMINO que a autoridade coatora e a Polícia Federal do Paraná se abstenham de praticar qualquer ato que modifique a decisão colegiada da 8ª Turma”, diz o texto assinado pelo desembargador federal.