Dez das 15 cidades de Roraima têm venezuelanos em situação de rua, aponta levantamento

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2018 11h38
Marcelo Camargo/Agência BrasilDe acordo com os dados, há mais de 1,5 mil imigrantes em situação de rua no Estado

Um levantamento feito neste mês pela Força Tarefa Logística e Humanitária, criada em fevereiro pelo presidente Michel Temer para lidar com o fluxo migratório causado pela crise na Venezuela, apontou que há venezuelanos vivendo em situação de rua em 10 das 15 cidades de Roraima.

De acordo com os dados, há mais de 1,5 mil imigrantes em situação de rua no Estado. A maior parte deles, 619, está na capital Boa Vista, seguida por Pacaraima, com cerca de 434 venezuelanos nas ruas.

Só não existem venezuelanos morando nas ruas nos municípios de São João da Baliza, Alto Alegre, Normandia, Uiramutã e Cantá.

A contagem dos imigrantes venezuelanos foi feita por militares em horários noturnos e em locais onde havia concentração de pessoas. Entretanto, tal levantamento não é considerado um censo. Os dados foram finalizados no dia 16 de junho.