Dilma, Aécio, Lula e Marina se despedem de Eduardo Campos em missa em Recife

  • Por Agência Brasil
  • 17/08/2014 10h38
RECIFE, PE, 17.08.2014: VELÓRIO DE EDUARDO CAMPOS - Luiz Inácio Lula da Silva e Alexandre Padilha, no velório de Eduardo Campos. O enterro será amanhã e várias personalidades políticas devem passar pelo velório que ocorre no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo local. (Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/JCM/ Fotoarena/Folhapress) Lula no Velório de Eduardo Campos no Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife, do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, e de dois integrantes da equipe - o assessor Carlos Percol e o fotógrafo Alexandre Severo - que morreram em um acidente aéreo em Santos (SP), na última quarta-feira (13). Recife/PE, Brasil 16/08/2014. (Foto: ) ORG XMIT: (26256)Velório de Eduardo Campo Carlos Ezequiel Vannoni/JCM/ Fotoarena/Folhapress Eduardo Campos é velado em Recife

Os principais candidatos às eleições presidenciais de outubro, a presidente Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), se despediram neste domingo em Recife de Eduardo Campos, que morreu na quarta-feira passada em um acidente aéreo.

Dilma e Aécio participaram de uma missa ao ar livre oficiada pelo arcebispo de Olinda e Recife, Fernando Saburido, e à qual assistiram dezenas de milhares de cidadãos que renderam suas últimas homenagens ao ex-governador de Pernambuco.

Entre os presentes também estavam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, visivelmente emocionado, e a ex-senadora e Marina Silva, candidata à vice-presidência na chapa comandada por Campos.

Embora o anúncio ainda não seja oficial, o PSB já considera Marina como a nova candidata a presidente e falta agora definir o nome de seu vice.

Marina Silva filiou-se ao PSB em setembro do ano passado, depois que não conseguiu registrar a tempo seu próprio partido, o Rede Sustentabilidade, para tentar pela segunda vez chegar à presidência, após ficar em terceira nas eleições de 2010, nas quais obteve 19 milhões de votos (20%).

Enquanto nos círculos políticos se discute qual pode ser o efeito da entrada de Marina na corrida presidencial, no centro de Recife o clima era de grande comoção.

Fotografias de Campos, mensagens de despedida, bandeiras do PSB e flores rodeavam o Palácio do Campo das Princesas, sede do governo de Pernambuco, onde foi velado o corpo do candidato, assim como do jornalista Carlos Percol e do fotógrafo Alexandre Severo, que estavam na aeronave no momento do acidente ocorrido em Santos.

De acordo com a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), a fila para aproximar-se do caixão de Campos superava os três quilômetros de extensão.

O sepultamento acontecerá ainda esta tarde e Campos será enterrado ao lado de seu avô Miguel Arraes, reconhecido líder de esquerda que morreu em 13 de agosto de 2005, exatamente nove anos antes que seu neto.