Dilma sobe, Marina cai e petista venceria no segundo turno

  • Por Jovem Pan
  • 29/09/2014 18h06
Dilma Rousseff e Marina Silva

Pesquisa presidencial CNT/MDA divulgada nesta segunda mostrou a continuação de uma tendência registrada nos levantamentos anteriores e de outros institutos: ascensão de Dilma Rousseff (PT) e queda de Marina Silva (PSB), as duas candidatas mais bem posicionadas.

Dilma tem 40,4% das intenções de voto (subiu 4,4 pontos), Marina apresenta 25,2% (caiu 2,2%) e Aécio Neves (PSDB) marca 19,8% – aumento de 2,2 pontos porcentuais.

Luciana Genro (PSol) cresceu de 0,9% para 1,2%, Pastor Everaldo (PSC) caiu de 0,8% para 0,6% e os outros candidatos somam 0,5%. Votos brancos e nulos somam 5,9% e 6,45 ainda não sabem em quem votar, ou não responderam.

Na simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, pela primeira vez a petista aparece à frente mesmo com a margem de erro. Dilma marca 47,7% contra 38,7% de Marina. Um aumento considerável, de mais de 5 pontos, em relação à pesquisa anterior, que mostrava empate técnico de 42% a 41%, respectivamente.

No cenário com Dilma e Aécio, a petista bate o tucano por 49,1% a 36,8%. Com Marina e Aécio no segundo turno, Marina venceria por 41% a 36%.

A porcentagem de eleitores que acreditam que Dilma será reeleita aumentou de 51,2% para 61%. 21,6% vêem Marina como favorita (antes eram 29%) e 8,3% acreditam em Aécio (antes eram 7,7%).

A avaliação positiva do governo Dilma subiiu de 37,4% para 41% dos entrevistados. A negativa oscilou para baixo, de 25,1% no estudo anterior para 23,5% neste.

A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 28 de setembro de 2014 e foram ouvidos 2002 eleitores. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e o registro foi feito no TSE sob o código BR-00892/2014.