Diretor de empresa de ônibus é executado na Zona Leste de São Paulo

  • Por Tiago Muniz/Jovem Pan
  • 28/11/2017 18h18 - Atualizado em 28/11/2017 18h47
ReproduçãoO homem estacionava no local para trabalhar por volta das 10h de carro quando foi surpreendido pelo atirador, que chegou a pé pela rua Leandro de Sevilha, no Parque Novo Lar

O diretor da empresa de ônibus Imperial Transportes Thiago Celso Zanetti, de 37 anos, foi executado na porta da garagem da companhia na Zona Leste de São Paulo, na manhã desta terça-feira (28).

O homem estacionava no local para trabalhar por volta das 10h de carro quando foi surpreendido pelo atirador, que chegou a pé pela rua Leandro de Sevilha, no Parque Novo Lar.

De acordo com a Secretaria Estadual da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), testemunhas contaram que o criminoso subiu a via e se aproximou do carro que Zanetti dirigia. A vítima ainda tentou escapar e bateu o veículo na guarita da empresa, mas foi baleada no tórax e no braço.

O assassino fugiu a pé sem levar nada. Um outro veículo foi alvejado pelos tiros, mas nenhum ocupante ficou ferido. Zanetti foi levado ao pronto-socorro do Hospital Municipal Dr. Benedicto Montenegro, mas não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado pelo 69º distrito policial de São Paulo. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. A Imperial Transportes atua na área sudeste da capital paulista e surgiu a partir da dissolução da antiga cooperativa Nova Aliança.