Diretora do Ibope explica comportamento do eleitor no segundo turno

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2014 08h36

A diretora do Ibope Márcia Cavallari disse nesta sexta-feira (10) que essa é uma das eleições mais apertadas. Ela explicou que, em termos de segundo turno, desde 1999, nenhuma delas começou com uma primeira pesquisa que apresenta resultados tão indefinidos. Márcia ainda disse que qualquer fato pode ter um impacto decisivo.

“Todo fato que acontecer durante a campanha pode ter algum efeito, sim. Dependendo de como chegar essa informação à opinião pública, aos eleitores…Qualquer detalhe, agora, pode fazer a diferença. É um momento onde os eleitores têm um nível de interesse maior”, contou no Jornal da Manhã.

Questionada sobre o tom da campanha, Márcia afirmou que o eleitor deseja que o debate seja sobre propostas e não acusações entre os candidatos. “A eleição está apertada, mas há espaço entre os dois de troca de voto. Nós temos cerca de 11% dos eleitores de cada um dizendo que essa não é uma decisão definitiva”, revelou.