Discurso de Dilma na ONU será voltado ao clima e terá “breve menção” à democracia

  • Por Reuters
  • 22/04/2016 09h36
Presidente Dilma Rousseff chega para cerimônia no Palácio do Planalto 22/03/ 2016. REUTERS/Adriano Machado REUTERS/Adriano Machado - 22/03/ 2016 Presidente Dilma Rousseff chega para cerimônia no Palácio do Planalto

A presidente Dilma Rousseff vai usar seu discurso na sessão de assinatura do acordo de Paris sobre o clima na ONU, nesta sexta-feira (22), para celebrar o pacto contra as mudanças climáticas, e fará apenas uma breve menção à democracia, disse à Reuters uma fonte do Palácio do Planalto.

“É um discurso breve, focado na mudança do clima. Será feita uma referência sutil à democracia, uma coisa diplomática”, disse a fonte sobre o pronunciamento da presidente, que deve ter cerca de três minutos de duração.

Durante a semana, foram divulgadas informações de que Dilma usaria a tribuna na ONU para denunciar o impeachment como golpe, o que levou a Câmara dos Deputados a autorizar a viagem de emergência de dois parlamentares para contraditar o discurso da presidente.

De acordo com a fonte palaciana, essa nunca foi a intenção da presidente, apesar de ministros e fontes do PT terem divulgado esta versão.

A presidente, no entanto, pretende dar entrevistas em Nova York para falar do impeachment e dar sua visão dos fatos.