Discussão política de fato criminoso é desgaste desnecessário, diz futuro ministro sobre prisão de Battisti

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2018 15h13 - Atualizado em 14/12/2018 15h46
Agência BrasilGeneral Santos Cruz vai comandar a Secretaria de Governo a partir de janeiro

O futuro ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, disse nesta sexta-feira (14) que é um “desgaste desnecessário” ao Brasil fazer “discussão política de um fato criminoso”, ao se referir sobre a ordem de prisão que facilita a extradição de Cesare Battisti – condenado na Itália por homicídios cometidos na década de 1970.

“É desnecessário para um país que tem tantos problemas ficar se desgastando com discussão política de um fato criminoso”, afirmou. Para o general, o caso deve ser avaliado juridicamente. “Vejo o caso de criminoso que foi julgado e considerado criminoso. Não vejo decisão política. Vejo decisão policial, de Justiça, de recolher aquele que foi condenado.”

A prisão do italiano foi determinada na quinta (13) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, que alegou que a decisão teve “critério técnico“. Já o presidente eleito Jair Bolsonaro, que já demonstrou desejo em extraditar Battisti, escreveu no Twitter – nesta sexta – que o governo da Itália pode contar com o governo brasileiro no caso.

*Com informações da Agência Brasil