Dodge questiona PF pelo envio de material apreendido em inquérito contra Temer

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2018 14h46 - Atualizado em 23/04/2018 14h50
Joédson Alves/EFEProcuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou ofício ao STF solicitando urgência na apuração dos fatos

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou ofício ao STF em que cobra a Polícia Federal pela divulgação de dados após busca e apreensão nas casas do ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures e do coronel João Batista Lima Filho. Também foram realizadas buscas nas sedes da Argeplan, Rodrimar e do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). As informações foram publicadas no blog da jornalista Andréa Sadi, do G1.

De acordo com a PGR, foram expedidos dez mandados de busca e apreensão, porém o material apreendido ainda não foi enviado pela PF.

Temer, Loures e o coronel Lima são alvos do chamado inquérito do Decreto dos Portos, que investiga supostas irregularidades em uma MP editada para beneficiar empresas do setor Portuário.