Doenças associadas à gripe matam até 650 mil pessoas por ano, segundo OMS e CDC

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2017 11h20
Elza Fiúza/Agência BrasilA taxa mostra um aumento nas estatísticas anteriores, quando até 500 mil pessoas morriam por doenças relacionadas à gripe por ano

Doenças respiratórias associadas à gripe sazonal matam até 650 mil pessoas por ano no mundo, segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

A taxa mostra um aumento nas estatísticas anteriores, quando até 500 mil pessoas morriam por doenças relacionadas à gripe por ano.

Grande parte das mortes ocorre na faixa etária dos maiores de 75 anos e em países pobres como regiões da África subsaariana e do sudeste asiático. Entre as crianças, segundo a OMS, quase todas as mortes com menos de cinco anos ocorrem em países em desenvolvimento.

Vale ressaltar que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, o risco de morte relacionada à gripe sazonal é mais elevado quando associado a outras doenças como as cardiovasculares e diabetes.

Entre os diabéticos, a maior taxa de mortes ocorre em períodos de epidemia de gripe. Já entre aqueles com doenças cardiovasculares, a ação inflamatória da gripe aumenta o risco de infarto e outras complicações, por conta de coágulos que bloqueiam a passagem do sangue.