Doria anuncia Meirelles em ‘supersecretaria’ que englobará Fazenda, Gestão e Desestatização

  • Por Victoria Abel
  • 11/12/2018 12h56
Jovem PanEx-ministro disse que aceitou o convite com o intuito de "continuar servindo ao País"

O governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou oficialmente nesta terça-feira (11) o nome do ex-ministro Henrique Meirelles para comandar a Secretaria de Fazenda e Planejamento do estado em sua gestão. A informação havia sido adiantada na segunda-feira (10) pela Jovem Pan.

De acordo com o ex-prefeito da capital, essa será uma “supersecretaria” que, além de Fazenda, Planejamento e Gestão, integrará também o programa de desestatização.

Em coletiva de imprensa, Meirelles disse que aceitou o convite com o intuito de “continuar servindo ao País”, ressaltando que São Paulo “tem um papel central” na economia nacional. Para ele, o programa de Doria possui “exatamente o que o estado precisa, uma diminuição da máquina”.

O futuro governador, por sua vez, explicou que o futuro secretário terá um gabinete e despachará direto do Palácio dos Bandeirantes – o que demonstra a importância e a centralidade da tal “supersecretaria”.

Meirelles foi presidente do Banco Central na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e ministro da Fazenda de Michel Temer (MDB). Na carreira privada, o destaque do currículo fica com seu trabalho como presidente internacional do Banco de Boston. Ele também foi candidato à presidência da República nas eleições deste ano pelo MDB, conseguindo pouco mais de 1% dos votos na corrida eleitoral.