Edinho Silva afirma que Governo não aceitará cortes no Bolsa Família

  • Por Agência Estado
  • 22/10/2015 17h35

Após a reunião de coordenação política com a presidenta Dilma Rousseffministro da Comunicação Social

O ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, também saiu em defesa do Bolsa Família nesta quinta-feira, 22. Segundo ele, o governo não vai admitir cortes naquele que é o principal programa social das gestões petistas.

“O Bolsa Família é um programa fundamental, prioritário para o governo e vai continuar sendo prioritário. Não vai haver cortes. Se possível, queremos aumentar (os recursos)”, disse.

O relator do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), avisou ao governo esta semana que poderá cortar até R$ 10 bilhões dos R$ 28,8 bilhões previstos para o programa. 

Nesta quinta-feira, em cerimônia no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff voltou a defender publicamente a importância do programa. Sem falar explicitamente da possibilidade de corte, ela afirmou que o governo tem um “compromisso inarredável com a continuidade do Bolsa Família”.

Um dia antes, pelas redes sociais, Dilma já havia afirmado que não iria admitir cortes no programa.