Em provável estratégia do Governo, dois ministros são exonerados

  • Por Estadão Conteúdo
  • 18/10/2017 09h28
DivulgaçãoOs decretos não informam o motivo das exonerações, mas o governo tem adotado a estratégia de licenciar ministros para ganhar mais apoio em votações

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 18, traz a exoneração de dois ministros do presidente Michel Temer: Fernando Coelho Filho, de Minas e Energia; e Raul Jungmann, da Defesa.

Os decretos, assinados por Temer, não informam o motivo das exonerações. Mas o governo tem adotado a estratégia de licenciar ministros para ganhar mais apoio em votações importantes no Congresso. Os dois têm mandato de deputado federal.

No caso de Jungmann, ele tem sido exonerado com frequência – retornando ao cargo logo depois – para cumprir exigências regimentais relacionadas ao seu mandato parlamentar, cuja vaga é de suplente.