Em recuperação judicial, Avianca devolverá 18 aeronaves de sua frota

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2019 16h12 - Atualizado em 22/04/2019 16h13
BRUNO BRITO/AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDOEm seu site, a companhia informa aos passageiros sobre o cancelamento de voos, com o objetivo de diminuir o impacto decorrente da redução das operações

A partir desta segunda (22), a Avianca Brasil começará a devolver mais oito aviões da frota com a qual opera para empresas proprietárias. No total, a companhia entregará 18 aeronaves para as donas, cumprindo decisões judiciais.

Por determinação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Avianca terá de adequar sua malha aérea, seu sistema de venda de passagens e dar “ampla divulgação dos voos cancelados de forma a minimizar o impacto pela retirada das aeronaves”.

Em seu site, a companhia informa aos passageiros sobre o cancelamento de voos, com o objetivo de diminuir o impacto decorrente da redução das operações. A empresa afirma que manterá o compromisso, assumido com a Anac, de avisar com antecedência mínima de 72 horas os voos que serão cancelados.

No último dia 5, a assembleia de credores da Avianca aprovou o plano de recuperação judicial da companhia em uma reunião que durou mais de sete horas. O programa prevê a divisão da empresa por meio da criação de sete unidades produtivas isoladas (UPIs), que serão levadas a leilão.

Com Agência Brasil