Em vídeo, Temer se engana e diz que está “fazendo voltar o desemprego” no Brasil

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 07/07/2017 16h05 - Atualizado em 07/07/2017 16h08
DF - JBS/TEMER/PRONUNCIAMENTO - POLÍTICA - O presidente da República, Michel Temer (PMDB), faz pronunciamento no Palácio do Planalto, em Brasília, na tarde desta quinta-feira, 18, após as acusações de que ele teria dado aval para compra do silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), conforme acusou o executivo da JBS, Joesley Batista, em sua delação premiada. O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), abriu um inquérito contra Temer a pedido da Procuradoria-Geral da República, em um desdobramento dos conteúdos apresentados pelos empresários Joesley e Wesley Batista em acordo de colaboração premiada homologado pelo ministro, por tentativa de obstrução das investigações na Operação Lava Jato. 18/05/2017 - Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDOTaxa de desemprego no governo Temer ficou em 13,3% no segundo trimestre de 2017

Em um vídeo publicado em sua conta oficial no Twitter após participar de uma reunião com chefes de Estado do G-20, na Alemanha, o presidente Michel Temer (PMDB) cometeu um engano e disse que seu governo está “fazendo voltar o desemprego” no País A frase foi dita quando o peemedebista falava sobre o conteúdo de sua mensagem no encontro.

“Cada país fez um relato daquilo que está fazendo no seu país, como eu pude fazer um relato daquilo que nós estamos fazendo no Brasil, gerando exatamente inflação baixa, reduzindo os juros, fazendo voltar o desemprego e combatendo a recessão”, disse Temer.

O vídeo dura 1 minuto e 26 segundos, foi gravado de forma improvisada e sem edições, diferente de outras publicações que o presidente costuma colocar nas redes sociais.