Encontro entre movimento pró-impeachment e MTST gera confusão em frente ao Congresso; assista

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2015 18h57
BRASÍLIA, DF, 28.10.2015: SEM-TETO-DF - Integrantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) montam acampamento no gramado em frente ao Congresso, nesta quarta-feira (28). No local, estão acampados os manifestantes pró impeachment. Houve troca de xingamentos e princípio de agressão entre os grupos. (Foto: Renato Costa/FramePhoto/Folhapress)MTST

Integrantes do Movimento Brasil Livre acampam desde a semana passada no gramado localizado em frente ao Congresso Nacional para pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O grupo foi surpreendido nesta quarta-feira (28) com a chegada de militantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), o que gerou confusão entre os dois grupos.

De acordo com um dos fundadores do MBL, Kim Kataguiri, a chegada dos militantes aconteceu logo após o líder do PT, Sibá Machado (AC) afirmar que os manifestantes eram “vagabundos” e que iria colocá-los “para correr”. Em discurso no plenário da Câmara nesta terça (27), Sibá disse: “eu vou juntar gente e vou botar vocês pra correr daqui de frente do Congresso. Bando de vagabundos. Vocês são vagabundos. Vamos pro pau com vocês agora”.

Para Kim Kataguiri, a chegada do MTST ao local do acampamento dos movimentos pró-impeachment foi algo pago pelo Governo como forma de intimidação. “Enviaram o pessoal do MTST pago para ficar do lado do nosso acampamento, nos intimidando, achando que vão botar medo na gente. Mas a gente não tem medo”, diz o líder do MBL em vídeo postado no Facebook.

Em meio a confusão, pessoas do movimento pró-impeachment acusaram o MTST de feri-los com um palito de dente nas costas. Em vídeo obtido pela Jovem Pan é possível observar uma mulher com o palito na mão e um rapaz com a camisa ensanguentada aos gritos de que ela deveria ser presa. Confira abaixo:

Em outro vídeo, um grupo faz uma espécide de “cordão humano” para que os grupos não se enfrentem diretamente. Veja: