Estudantes querem Enem em maio; MEC vai avaliar datas

Estudantes querem fazer o Enem em maio de 2021, mas nova data pode atrapalhar cronograma das universidades

  • Por Jovem Pan
  • 01/07/2020 13h13 - Atualizado em 02/07/2020 07h43
ADAILTON DAMASCENO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOEstudantes querem fazer o Enem em maio de 2021, mas nova data pode atrapalhar cronograma das universidades

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (1) que os estudantes inscritos para fazer a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) preferem que a prova seja aplicada em maio do ano que vem, segundo enquete realizada pelo próprio ministério.

Apesar da vontade dos alunos, a data não é definitiva. Em entrevista coletiva, o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disseram que a pasta ainda vai avaliar as datas e tomar uma decisão em até três semanas.

Segundo o MEC, 1.113.350 de estudantes responderam à enquete, e 50% dos participantes indicaram que preferem fazer a prova em maio. As outras opções eram dezembro deste ano e janeiro do ano que vem. Ao todo, 5,8 milhões de pessoas estão inscritas para prestar o exame.

Vogel e Lopes explicaram que a aplicação do exame em maio pode atrasar o cronograma das universidades. Como a nota do Enem é utilizada para o ingresso dos estudantes em universidades públicas, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e privadas, pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), a aplicação da prova em maio vai fazer com que os novos alunos não consigam entrar nas instituições ainda no primeiro semestre de 2021.

“Com base na sinalização que eles querem fazer a prova em 2021, vamos conversar com representantes do ensino médio e ensino superior para ver quando será”, prometeu o presidente do Inep.

O Enem 2020 foi adiado em razão das medidas de restrição de circulação impostas pela pandemia do novo coronavírus. Originalmente, o exame impresso seria aplicado nos dias 1º e 8 de novembro e o digital nos dias 22 e 29 de novembro.