Entre janeiro e julho, Brasil registra 95 mortes por dengue, zika ou chikungunya

  • Por Jovem Pan
  • 08/08/2018 11h17
Reprodução/FlickrO Centro-Oeste lidera casos de dengue, enquanto o Sudeste sai à frente nos casos de chikungunya e zika

Entre os dias 31 de dezembro do ano passado e 14 de julho deste ano, o Brasil registrou 95 mortes confirmadas por dengue (80), chikungunya (13) e zika (02). Os dados fazem parte do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (07).

Em relação aos dados do mês de junho, houve um aumento de 19,7% no número de mortos divulgados pela pasta. Até o dia 09 de julho, eram 62 mortes por dengue e nove por chikungunya. No período, não houve confirmação de morte por zika.Entret

anto, há a possibilidade de que tais mortes apresentadas tenham ocorrido em momento anterior, já que o Ministério não confirma a causa das mortes no momento em que elas ocorrem.

O Centro-Oeste lidera casos de dengue, enquanto o Sudeste sai à frente nos casos de chikungunya e zika.

Em relação à dengue, além das 80 mortes, o País registrou 174 casos da doença em sua fase grave e 1.987 casos com dengue em sinal de alarme.

Já os casos de chikungunya somaram 40.841 e 13 mortes; os casos de zika chegaram a 2.435, sendo 338 em gestantes.