Escanteada pelo Congresso, reforma tributária pode ser votada ainda neste ano

  • Por Jovem Pan
  • 03/11/2018 08h56
Agência Brasilo tema é discutido junto à equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro e tem chance de ser analisado pela Câmara.

Tramitando há anos no Congresso, a Reforma Tributária ainda busca espaço entre os parlamentares.

A proposta é discutida por uma comissão especial na Câmara e tem o texto final praticamente pronto. Segundo o relator, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB), existe acordo entre os diversos partidos para que ela seja votada, mas nos últimos anos, com prioridade dada a temas como o teto de gastos, a Reforma Trabalhista e Reforma da Previdência, a mudança no sistema tributário tem ficado em segundo plano.

Agora, o tema é discutido junto à equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro e tem chance de ser analisado pela Câmara. Membros da equipe econômica de Bolsonaro cogitam a ideia de um imposto sobre movimentações financeiras, semelhante à CPMF.

Segundo eles, seria uma substituição, e não a criação de novo tributo.  Nesta sexta, Bolsonaro disse no Twitter que desautoriza “informações prestadas junto à mídia por qualquer grupo intitulado ‘equipe de Bolsonaro’” sobre temas como CPMF e Previdência.

*Com informações do repórter Levy Guimarães