Escritor Sérgio Sant’Anna morre, aos 78 anos, vítima da Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2020 11h23 - Atualizado em 10/05/2020 11h36
Reprodução /FacebookA irmã do escritor, Sônia Sant'Anna, confirmou a morte de Sérgio nas redes sociais e lamentou a perda

O escritor, Sérgio Sant’Anna, morreu neste domingo (10), aos 78 anos, vítima de contaminação pelo coronavírus. Ele estava internado no hospital Quinta D’Or, no Rio de Janeiro, desde o domingo (3).

A irmã do escritor, Sônia Sant’Anna, confirmou a morte de Sérgio nas redes sociais e lamentou a perda. No sábado (9), ela havia publicado que o irmão apresentava sintomas de melhora pela Covid-19 com “situação pulmonar estável”, embora ainda não tivesse recuperado a consciência. “Ele ficará muito contente, ao se recuperar, ao saber como vocês gostam dele.”

Nas redes sociais, amigos, familiares e admiradores lamentaram a morte de Sérgio, considerado um dos principais cronistas do Brasil. Ele foi vencedor de quatro prêmios Jabuti, sendo um deles pelo livro “O Concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro”, três troféus da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e uma vez pela Biblioteca Nacional.

Sua obra foi traduzida para o alemão, italiano, francês e tcheco, também adaptada para o cinema.