Eunício Oliveira é homenageado com quadro no Senado ao custo de R$8,2 mil

  • Por Jovem Pan
  • 07/03/2019 08h43 - Atualizado em 07/03/2019 08h45
Obra foi encomendada no início de novembro e já está pendurada no Salão Nobre da Casa

O ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE) ganhou um quadro em sua homenagem na galeria de ex-presidentes do Senado Federal ao custo de R$8,2 mil. A obra foi encomendada no início de novembro e já está pendurada no Salão Nobre da Casa.

A imagem de Eunício está ao lado do retrato de seu antecessor no cargo, o também emedebista Renan Calheiros. A nova pintura, no entanto, custou mais do que a do alagoano, feita por R$6,9 mil em 2017. Ambas foram confeccionadas pelo artista plástico Urbano José Pibernat Villela, de 76 anos.

“Ninguém me falou disso, não. Mas se ficar bom, eu vou encomendar um para mim”, afirmou o ex-senador sobre o retrato.

Alvo de três inquéritos por suspeitas de corrupção, os quais nega, Eunício não conseguiu se reeleger como senador. Após a derrota nas urnas, ele afirmou que iria se dedicar à vida pessoal.

O filho do pintor responsável pelo quadro justificou o valor da obra.”É até um certo pecado pegar no pé de uma encomenda que o Senado faz para um artista brasileiro, renomado como meu pai é. O Senado tem tanto gasto supérfluo, às vezes uma troca de carpete do local é mais cara que a obra”, justificou Urbano Lago Villela Neto.

Ex-presidentes também costumam receber homenagens no Palácio do Planalto e no STF, mas através de fotografias.

Com Agência Estado