Ex-assessor de Temer, Rocha Loures diz que não sabia de dinheiro em mala

  • Por Jovem Pan
  • 25/04/2018 19h37 - Atualizado em 25/04/2018 21h16
Brizza Cavalcante/Câmara dos DeputadosEx-assessor de Temer, Rocha Loures recebeu mala com R$ 500 mil em forma de propina da JBS

Famoso por receber a mala de R$ 500 mil da JBS, o ex-assessor de Temer, Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR) encaminhou sua defesa à Justiça Federal. De acordo com reportagem do jornal O Globo, Loures afirma que recebeu a mala do executivo da JBS, Ricardo Saud, mas não sabia qual era o conteúdo.

O deputado ainda alega que “desconhecia quaisquer acertos, pagamentos ou condições”. De acordo com denúncia da PGR, Loures teria atuado como emissário do presidente Temer, que seria o destino final do montante. O pagamento era parte de R$ 38 milhões que Joesley Batista teria prometido para que o grupo político do presidente atuasse em assuntos de interesse da JBS no Cade – Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

No texto, Loures também cita porque correu com a mala, mas não explica a falta de R$ 35 mil dos R$ 500 mil que posteriormente foram devolvidos. Além disso, a defesa do ex-assessor nega o envolvimento de Temer.

Rocha Loures se tornou réu por corrupção passiva em dezembro de 2017 e, na ocasião, a defesa alegou que ele é vítima de uma armação entre Rodrigo Janot e executivos da JBS.