Ex-prefeito e ministro Gilberto Kassab se torna réu por improbidade

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2015 09h54

Gilberto KassabGilberto Kassab

A Justiça de São Paulo tornou réus o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab e dois ex-secretários da gestão por improbidade administrativa.

A decisão segue um pedido do Ministério Público do Estado, que abriu uma ação civil pública em razão de irregularidades na chamada “Feirinha da Madrugada”, na região central da capital paulista.

Os promotores entraram na Justiça, no ano passado, argumentando que o poder público deveria ter agido para evitar que a feira se transformasse em um local sem lei. O órgão ainda aponta a existência de um esquema de pagamento de propina para permissões de uso dos boxes na região.

A representação foi rejeitada em primeira instância. Os promotores então recorreram ao segundo grau e tiveram aprovada a petição.

Foram incluídos no processo Ronaldo Camargo, ex-titular da Coordenação das Subprefeituras, e Marcos Cintra, da pasta de Desenvolvimento Econômico e Trabalho.

Na decisão, o desembargador Borelli Thomaz, relator do processo, disse que, no momento, são questionados apenas “indícios suficientes” da conduta dos gestores.

A defesa do ex-prefeito Gilberto Kassab declarou que vai recorrer da decisão.

Informações de Danilo Oliveira