Ex-presidente da Petrobras, Pedro Parente se diz otimista com nova gestão econômica do Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 02/01/2019 16h10
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilParente comandou a Petrobras entre 2016 e junho de 2018

Ex-presidente da Petrobras, Pedro Parente se diz otimista com o início da nova gestão econômica do Brasil. Na presidência de Jair Bolsonaro, essa área será comandada pelo ministro Paulo Guedes, cuja posse acontece na tarde desta quarta-feira (2).

Ao chegar à cerimônia de transmissão de cargo ministerial, Parente – que atualmente preside a BRF – afirmou que a nova equipe sinaliza que vai caminhar no sentido de medidas consideradas fundamentais para melhorar o ambiente empresarial.

“[Os membros da equipe econômica] Estão falando não só das grandes reformas, mas também de um conjunto de medidas para melhorar o ambiente de negócios, inclusive um conjunto de normas administrativas”, comentou a jornalistas.

Facilitar a liberação de plantas industriais, para ele, é uma das primeiras medidas que podem ser adotadas por decreto para conseguir uma boa repercussão inicial para realizar reformas e atacar o que chamou de “problema da competitividade”.

Petrobras

Parente liderou a Petrobras de 2016 a junho de 2018, quando deixou o cargo e foi substituído por Ivan Monteiro. Na nova gestão, o economista Roberto Castello Branco vai comandar a estatal petrolífera, alvo de diversas operações contra a corrupção.

*Com informações do Estadão Conteúdo