Ex-vice de Janot é escolhido por Aras para ocupar novamente o cargo

José Bonifácio de Andrada ocupou a mesma função durante o segundo mandato de Rodrigo Janot na PGR. Outros nomes da equipe também foram anunciados nesta quinta (26)

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2019 20h21 - Atualizado em 26/09/2019 20h34
DivulgaçãoAugusto Aras é o atual procurador-geral da República

Empossado nesta quinta-feira (26) como procurador-geral da República, Augusto Aras terá como vice-procurador-geral da República José Bonifácio de Andrada, que já havia ocupado a função no segundo mandato de Rodrigo Janot.

Ao anunciar parte da equipe que trabalhará com ele, Aras manteve o vice-procurador-geral Humberto Jacques, que já cumpria o papel na gestão Raquel Dodge, encerrada no dia 18.

Para um cargo estratégico na área de investigação, decidiu nomear como secretário de Perícia, Pesquisa e Análise (Sppea) um dissidente da era Dodge: Pablo Coutinho Barreto, que deixou a equipe em março por discordâncias com a linha de atuação.

Aras, que até ser indicado à PGR era o coordenador da Câmara de Consumidor e Ordem Econômica (CCR), escolheu ainda como seu substituto na câmara Luiz Augusto Santos Lima. Ele já havia trabalhado como representante do Ministério Público Federal (MPF) junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), papel que o próprio Aras também já desempenhou.

O PGR indicou ainda como secretário de Cooperação Internacional (SCI) Hindemburgo Chateaubriand, e terá como chefe de gabinete Alexandre Espinosa. O nome do secretário-geral, Eittel Santiago de Brito Pereira, já havia sido confirmado anteriormente nos bastidores.

Aras, no entanto, ainda não indicou o chefe da atuação nos processos penais e o coordenador da força-tarefa da Lava Jato.

*Com informações do Estadão Conteúdo