Extradição de Battisti: ‘Conte conosco’, diz Bolsonaro após mensagem de ministro italiano

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2018 15h40 - Atualizado em 14/12/2018 15h43
ReproduçãoBattisti está no Brasil desde 2004 e teve prisão determinada por Fux na quinta

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, disse nesta sexta-feira (14) que dará “grande crédito” ao presidente eleito do Brasil, caso ele ajude na extradição de Cesare Battisti. “Conte conosco”, respondeu Jair Bolsonaro. Condenado por homicídios na década de 1970, o italiano teve prisão decretada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux.

“Um condenado a prisão perpétua que aproveita a vida nas praias do Brasil, diante das vítimas, me deixa louco! Darei grande crédito ao presidente Jair Bolsonaro se ele ajudar a Itália a ter justiça, ‘presenteando’ a Battisti um futuro nas prisões da pátria [italiana]”, escreveu Salvini no Twitter, na manhã desta sexta-feira (14).

Em resposta na mesma rede social, Bolsonaro agradeceu e indicou que vai apoiar a transferência de Battisti para a Itália, posição que já defendeu publicamente. “Obrigado pela consideração de sempre, ministro. Que tudo seja normalizado brevemente no caso deste terrorista assassino defendido pelos companheiros de ideais brasileiros! Conte conosco!”

Ordem de prisão

prisão do italiano foi determinada na quinta (13) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal(STF) Luiz Fux, que alegou que a decisão teve “critério técnico“. Battisti chegou ao País em 2004 e sua “entrega” à Itália chegou a ser solicitada, mas foi impedida por Luiz Inácio Lula da Silva no último dia de seu segundo mandato.