Fachin nega mais um pedido de liberdade do ex-presidente Lula

  • Por Jovem Pan
  • 21/02/2019 10h14 - Atualizado em 17/04/2019 14h14
Agência BrasilO ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta quarta-feira (20) mais um pedido de liberdade apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O argumento da defesa do ex-presidente era de nulidades no processo.

Em dezembro, os advogados de Lula entraram com o pedido de harbeas corpus afirmando que o relator da Operação Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Felix Fischer, não poderia ter negado, em decisão individual, o recurso de Lula para tentar reverter a condenação do caso triplex. Segundo a defesa, o recurso deveria ser julgado pelo colegiado.

Por isso, os advogados pediram que o ex-presidente ficasse em liberdade até o julgamento de mérito do processo apresentado no Supremo contra a posição do ministro do STJ. Solicitaram ainda que a Suprema Corte anulasse a sentença do triplex. Fachin negou todos os pedidos, rejeitando seguimento a ação do ex-presidente. Um recurso já foi apresentado no próprio STJ e aguarda resultado.

*Com informações da Agência Estado