Falar em golpe é “afronta à Constituição”, diz líder do PV após fala de Dilma

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2016 11h54
Senador Alvaro Dias (PV-PR) concede entrevista. Foto: Edilson Rodrigues/Agência SenadoSenador Álvaro Dias- Ag. Senado

Em entrevista ao repórter José Maria Trindade, o senador Álvaro Dias (PR), líder do PV no Senado criticou as afirmações de Dilma quanto ao presidente interino Michel Temer, de que ele subtrairia conquistas inalienáveis do povo brasileiro. “Ela não pode fazer afirmativas desta natureza”, disse.

“Acho injusto prever o futuro. Temos que aguardar os procedimentos que serão adotados pelo presidente Temer para o nosso julgamento. Agora é hora de julgar a presidente Dilma pelos atos praticados durante o exercício do seu mandato”, disse à Jovem Pan.

Sobre o uso da palavra “golpe”, Álvaro Dias disse ser uma “contradição visível” e disse que é uma “afronta à Constituição” tal afirmação da petista no Senado.

Confira a entrevista completa:

O senador voltou a falar à reportagem da Jovem Pan em Brasília e disse que a presidente afastada Dilma Rousseff “faltou com a verdade em várias oportunidades”.

Ele reiterou que os argumentos utilizados pela petista em plenário são antigos e que ela deveria ter pedido “perdão” ao invés de apelar para o emocional em sua defesa.

“O que faltou, ao meu ver, foi humildade”, disse o senador, que recorreu à Confúcio: “a humildade é a virtude das virtudes”.

Confira a entrevista completa: