Falha em notas do Enem ocorreu em duas etapas, afirma gráfica

  • Por Jovem Pan
  • 24/01/2020 08h18
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência BrasilMEC enfrenta recursos na Justiça por conta das falhas no Exame

O Ministério da Educação (MEC) recebeu um documento da gráfica Valid, responsável pelo Enem, sobre os falhas que atingiram parte das provas. Segundo ofício enviado pela pasta ao Ministério Público Federal (MPF), o governo diz que a explicação dada pela gráfica foi que o erro aconteceu em duas etapas da impressão. Até agora, o MEC enfrenta 17 ações para revisar notas. Duas liminares resultaram em pareceres favoráveis a estudantes.

De acordo com a Valid, as erros de impressão resultaram na correção das provas com gabaritos de versão diferente. O primeiro erro teria ocorrido durante a impressão, com os códigos de barra de identificação do gabarito, que relaciona o candidato à cor da prova. O segundo, em um sensor de leitura dos cadernos.

Servidores avaliam que a explicação ainda é insuficiente para garantir a confiança na prova e nas notas. A gráfica não tem se manifestado à reportagem.

Quase 6 mil provas foram afetadas pelo erro, o que atinge cerca de 3,9 milhões de alunos. Apesar disso, o Ministério sustenta que as notas foram corrigidas e que os estudantes não serão prejudicados.

* Com informações do Estadão Conteúdo.