Fernando Holiday diz que gabinete foi atingido por ‘projétil’

  • Por Jovem Pan
  • 26/12/2018 17h25 - Atualizado em 26/12/2018 21h19
Reprodução/TwitterEquipe do vereador pediu auxílio à Polícia Militar

O vereador Fernando Holiday (DEM) afirmou que seu gabinete foi atingido por um “projétil” e que ele foi “hostilizado por baderneiros” que protestavam contra a reforma da Previdência de São Paulo na Câmara Municipal nesta quarta-feira (26).

Holiday publicou a foto de um buraco em sua janela e afirmou que sua equipe “entrou em contato com a Polícia Militar” para solicitar perícia para o local.

“Agora pouco estava na janela do 5º andar [da Câmara], onde fica meu gabinete, quando fui hostilizado por baderneiros e ouvimos um barulho alto de vidro estilhaçando. Eu e minha equipe vimos esse buraco e chamamos a segurança”, escreveu.

Reforma

Por 33 a 17 votos, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou em segunda e definitiva votação o projeto de lei 621/2016, que reforma a previdência de servidores da capital paulista. Os trabalhos foram marcados por protestos.

Houve confronto com policiais, que fizeram um cordão de escudos para proteger servidores e impedir a entrada no edifício dos baderneiros. Guardas arremessaram bombas de gás lacrimogêneo e alguns manifestantes revidaram com pedras e paus.