FHC: ‘Infelizmente está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto’

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2019 15h22
Agência BrasilDeclaração foi feita em debate sobre políticas públicas em relação às drogas

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou nesta quarta-feira (29) o que entende como uma abordagem “punitiva” do poder público diante da criminalidade no Brasil.

“Infelizmente está prevalecendo a ideia de que criminoso bom é criminoso morto”, declarou em encontro em São Paulo para debater políticas públicas em relação às drogas. O evento foi organizado pela fundação que leva seu nome em conjunto com o Instituto Igarapé.

De acordo com o ex-presidente tucano, falta ao País um foco maior no combate ao crime organizado em lugar de uma “perseguição” a usuários de drogas. “A atitude punitiva que estamos tomando é contraproducente”, alegou.

FHC disse ainda esperar que o Supremo Tribunal Federal (STF) se posicione de maneira mais “adequada” em relação a essa discussão. O tema deve entrar na pauta da Corte em junho e os ministros devem discutir tópicos como a descriminalização da posse de maconha. “Dizer que quem defende a regulamentação defende o uso de drogas? Não, ninguém em sã consciência defende o uso de drogas”, frisou o ex-presidente.

*Com Estadão Conteúdo