Flávio Dino: No pós-Covid-19, o indutor deve ser setor público

  • Por Jovem Pan
  • 01/05/2020 16h36
Renato Cerqueira/Estadão ConteúdoFlávio Dino é o atual governador do Maranhão

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou nesta sexta-feira (1º) que a retomada econômica após à pandemia do novo coronavírus deve ocorrer por meio dos investimentos e financiamentos públicos. As declarações foram dadas durante transmissão ao vivo organizada pelas centrais sindicais em razão do Dia do Trabalho.

Dino afirmou que é necessário ampliar a oferta dos serviços públicos e defendeu que a situação da saúde no país em meio à pandemia seria mais grave, caso projetos de privatização e desativação do Sistema Único de Saúde (SUS) tivessem se concretizado.

“Havia quem dissesse que o SUS não funcionava e, apesar de inúmeros problemas, o SUS está salvando vida de trabalhadores”, afirmou.

O governador também defendeu a aprovação de uma reforma tributária “mais justa”, que inclua a taxação sobre grandes fortunas, lucros e dividendos “para garantir os investimentos”.

*Com informações do Estadão Conteúdo