Força Aérea Brasileira nega que drone possa ter derrubado avião de Campos

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2014 21h35

A Força Aérea Brasileira (FAB) negou que um drone, ou seja, um Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant) possa ter causado o acidente aéreo que matou o candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB).

Segundo a FAB, com o objetivo de proporcionar acesso ordenado e seguro aos Vant, o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e a Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) estabelecem medidas restritivas para esse tipo de voo.

Ainda de acordo com a nota, no caso de Santos, foi realizada uma solicitação de área reservada para voo de VANT, entre os dias 11 e 31 de agosto. O NOTAM (aviso aos aeronavegantes) que se refere a esta demanda foi emitido para uma área situada a 19,5 km do aeródromo de Santos, bem distante da possível trajetória realizada pelo PR-AFA no dia 13 de agosto. Segundo o solicitante, nunca foi realizado voo com a aeronave.