Ministério da Justiça autoriza uso da Força Nacional no Ceará

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2019 10h59 - Atualizado em 04/01/2019 11h56
Reprodução TV CaririDesde a noite de quarta-feira até agora, foram registrados 39 atentados em Fortaleza, Caucaia, Horizonte e Maracanaú

Agentes da Força Nacional de Segurança Pública vão começar a atuar em Fortaleza, no Ceará. A informação foi confirmada pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública nesta sexta-feira (4).

O ministro Sergio Moro autorizou o envio de cerca de 300 homens e 30 viaturas da Força Nacional para o estado. Eles atuarão por 30 dias, dando apoio à Polícia Federal (PF), à Polícia Rodoviária Federal (PRF), ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e às forças policiais estaduais.

A pasta ressalta que, se for necessário, o prazo pode ser prorrogado.

“A decisão foi tomada após os episódios de violência registrados e à dificuldade das forças locais combaterem sozinhas o crime organizado”, afirmou o minsitério por meio de nota. A decisão atende ao pedido do governador Camilo Santana.

Na madrugada desta sexta-feira, a Polícia Militar registrou onze ataques apenas em Fortaleza. Desde a noite de quarta-feira até o momento, foram 39 atentados na capital cearense e nas cidades de Caucaia, Horizonte e Maracanaú. Dezoito suspeitos foram presos.

Os crimes começaram depois de o titular da recém-criada Secretaria da Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, dizer que não reconhece facções no Estado e que não separaria mais os presos de acordo com a ligação com essas organizações. Os grupos criminosos são os principais suspeitos de serem os autores dos ataques.