Funcionária de creche incendiada por vigia morre após um mês internada em MG

  • Por Estadão Conteúdo
  • 06/11/2017 08h15
PAULA SANTOS/ESTADÃO CONTEÚDOAlém de Geni, a professora Helley Batista, nove crianças que estudavam na escola e o homem que ateou fogo na sala de aula morreram

A auxiliar de professora Geni Oliveira Lopes Martins, de 63 anos, é a 11ª vítima fatal do incêndio provocado pelo segurança de uma creche em Janaúba, no norte de Minas Gerais, no dia 5 de outubro. Ela estava internada no Hospital Municipal João XXIII, em Belo Horizonte, e faleceu na madrugada desta segunda-feira, 6 A informação foi confirmada pela Prefeitura de Janaúba.

Além de Geni, a professora Helley Batista, nove crianças que estudavam na escola e o homem que ateou fogo na sala de aula – Damião dos Santos, de 50 anos -, morreram. Outras vítimas permanecem internadas em hospitais de Belo Horizonte e Montes Claros.