General Villas Bôas é transferido de hospital e passa por nova broncoscopia

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2019 11h51
Agência BrasilVillas Bôas tem uma disfunção degenerativa chamada de Esclerose Lateral Amiotrófica, motivo pelo qual não consegue mais caminhar

Depois de ter apresentado uma piora em seu quadro clínico, o assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Eduardo Villas Bôas foi transferido no domingo (6) do Hospital das Forças Armadas para o Sírio Libanês, ambos em Brasília, para “fins de estabilização do quadro respiratório”.

Nesta segunda-feira (7) pela manhã, ele fez um novo procedimento de broncoscopia, uma espécie de endoscopia para se obter imagens do aparelho respiratório, visando melhoria da atelectasia – falta de expansão dos alvéolos de uma parte do pulmão ou do pulmão inteiro devida a uma ausência de ventilação consecutiva à obstrução total ou parcial de um brônquio.

O GSI informou que os procedimentos apresentaram “resultados positivos” e que o general já está se recuperando “com boa ventilação e respiração assistida” na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de onde deverá ter alta no período da tarde.

Villas Bôas tem uma disfunção degenerativa chamada de Esclerose Lateral Amiotrófica, motivo pelo qual não consegue mais caminhar.

*Com informações da Agência Brasil